quinta-feira, 19 de março de 2015

"em estado de dicionário"

A expressão do título aparece no famoso poema de Drummond, "Procura da Poesia" (ouve-se aqui, na voz de Autran).

Lembrei dela porque fui verificar os sentidos, estacionados no dicionário, da expressão utilizada pelo agora ex-ministro da Educação, Cid Gomes, para se referir aos legisladores em uma visita à Universidade Federal do Paraná. Parece que nem foi feita em público a declaração de que nossos deputados são uns "achacadores". De todo modo, foi suficiente para ser chamado ao plenário e executar uma cena que está servindo para alimentar as imaginações políticas brasileiras, tão fracamente estimuladas cotidianamente. As pobrezinhas são alimentadas diariamente com a ração da grenalização, gerando um clima insuportável de intransigência mesmo nas conversas mais caseiras.

Fica então o registro desta curiosidade semântica, para aqueles que vez ou outra se interessam por menoridades (usei a primeira reimpressão da edição de 2009 do Dicionário Houaiss da língua portuguesa, publicado pela editora Objetiva).

achacador /ô/ adj.s.m. 1. que ou o que achaca 1.1 B infrm. que ou quem extorque dinheiro para não prender, não multar etc. ETIM. rad. do part. achacado + -or.

achacar v. (1325) 1. t.d. causar aborrecimento a; molestar, desagradar <a gritaria achacava os vizinhos> 2. t.d e t.d.pred. apontar defeito em; censurar; tachar, acusar; <aprazia-lhe a. nossos trabalhos> <achacou o artigo de panfletário> 3. intr. e pron. ter achaques; adoecer <as crianças achacam-se mais no inverno> 4. t.d. dar como motivo; alegar; pretextar <achacou indisposição para não trabalhar> 5. t.d. roubar (alguém) com ameaças, com intimidação <o ladrão achacou o pobre rapaz> 6. t.d. B. infrm. extorquir dinheiro de (alguém) [para não prender, não multar etc.] <policiais desonrosos achacam os contraventores> (...)

Nenhum comentário: